6 de mai de 2009

Atividades acadêmicas durante greve de funcionários do CBD

Prezados alunos,
Conforme é do conhecimento de todos, os funcionários do CBD aderiram à greve aprovada pelo SINTUSP.Os docentes se reuniram na 2a.f. (04/05) com a chefia de Departamento para decidir sobre o encaminhamento das atividades didáticas no período.Considerou-se que a ECA tem sido vitima de vários assaltos recentes, com roubo de equipamentos, em várias salas e prédios. A responsabilidade pelo depoimento na delegacia, acompanhamento dos casos, identificação de perdas, etc tem ficado integralmente sob responsabilidade dos docentes, que não foram orientados e nem receberam qualquer apoio da Administração da USP, com prejuizos enormes tanto emocional, quanto acadêmico. Além disso, os docentes acabam sendo envolvidos em situações de risco, na medida em que assumem individualmente a responsabilidade por denúncias, identificação, etc. Assim, os docentes decidiram por não assumir responsabilidade sobre segurança de salas, equipamentos, e muito menos de alunos, entendendo que cabe à universidade oferecer condições de segurança ao patrimônio e integrantes da comunidade.Deste modo, embora os docentes não estejam em greve, o CBD só reabrirá suas salas de aula se houver condições de segurança para o exercício da atividade acadêmica.Cabe a cada docente discutir com seus alunos como desenvolverá as atividades para dar prosseguimento ao semestre, enquanto a situação de greve de funcionários perdurar.Nessa disciplina, de acordo com o calendário, não há previsão de aula presencial na próxima semana.Assim, farei apenas atendimentos individuais na minha sala durante este período.Se a greve perdurar, no dia 15/05 (sexta) ou a qualquer momento, voltarei a entrar em contato com todos para definirmos alternativas para continuidade das atividades.
Boa semana a todos!
Asa Fujino

Nenhum comentário: